Ministério Público apura excesso de cargos de comissão na prefeitura de Maceió

1408669581659

O Ministério Público Estadual decidiu instaurar um inquérito civil público para investigar indícios de irregularidades no provimento de cargos de comissão no âmbito do Poder Executivo de Maceió. A portaria foi publicada na edição desta quinta-feira (26) do Diário Oficial do Estado.

A promotora Marluce Caldas Bezerra, da 14ª Promotoria de Justiça da Fazenda Pública Municipal da Capital, converteu um procedimento preparatório em inquérito civil já que o prazo para a conclusão do caso expirou.

As investigações agora querem se aprofundar para saber se houve irregularidades no preenchimento de vagas por servidores não efetivos em percentual superior ao legalmente estabelecido para o Executivo Municipal.

Por meio de sua assessoria de comunicação, a Prefeitura Municipal de Maceió informou que “assim que for demandada pelo Ministério Público irá prestar os esclarecimentos ao órgão”.

Cada Minuto