Mãe e filha são agredidas na saída de escola; veja o vídeo

adsddpeietdhndkdgreqgsmkjg

Um vídeo divulgado em redes sociais mostra um grupo de adolescentes agredindo uma jovem e a mãe em Taubaté, São Paulo.

“Eu fui à escola porque o subdiretor me chamou para dizer que minha filha já tinha sido agredida dentro da diretoria”, relatou a cabeleireira Viviane Aguiar, de 36 anos.

Após a conversa, na segunda-feira, dia 22, Viviane e a filha de 14 anos deixaram a Escola Professor Cláudio César Guilherme de Toledo. Enquanto caminhavam para casa, um grupo de adolescentes se aproximaram e agridiram a filha da cabeleireira, que protege o rosto, sem revidar.

Uma das adolescentes registrou as agressões e divulgou as imagens em redes sociais. Ao tentar ajudar a filha, Viviane também é agredida. Nas imagens, ela pede socorro e explica que está com uma criança pequena, o filho de apenas 2 anos.

Um ciclista tenta ajudar as vítimas e também sofre agressões. Um casal para o carro e consegue socorrer as duas, mas o veículo acabou danificado pelo grupo.

Em certo momento é possível ver um adulto entre os agressores que diz: “Chega, filha”.

“Não só minha filha não quer voltar para a escola como nós tivemos que sair de casa, estamos na casa de parentes porque fomos ameaçadas. Eles disseram que nós não podíamos envolver a polícia”, explicou Viviane ao site Extra.

O caso só chegou ao conhecimento da polícia quando as imagens foram divulgadas. A direção da escola foi procurada, mas já estaria fechada no momento em que foi tentado o contato.

 

selo-facebook