Polícia Civil apresenta acusados de agredir adolescente na Jatiúca

Coletiva 04
Kleydson Anderson e Diego de Albuquerque, acusados de agredir adolescente (Foto: ASCOM/PC)

Os dois acusados de agredir uma adolescente de 16 anos, no bairro da Jatiúca, em Maceió, durante assalto, foram apresentados na manhã desta sexta-feira (4), na sede da Polícia Civil, em Jacarecica. A apresentação aconteceu em coletiva, com as presenças da delegada-geral Adjunta, Luci Mônica, e da delegada de Roubos da Capital (DRC), Maria Angelita.

Diego de Albuquerque Silva, de 20 anos, e Kleydson Anderson Santos da Rocha, 27, foram presos na noite de quinta-feira, após trabalho de investigação realizado pela DRC. Eles tiveram prisão decretada pela 14ª Vara Criminal da Capital e foram localizados na casa de parentes nos bairros Santa Lúcia e Ponta Grossa. A dupla foi inicialmente encaminhada para o Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro da Mangabeiras.

“Este crime chocou pela violência, causando indignação na população. A polícia agiu rápido e conseguiu prender os autores em pouco tempo”, destacou a delegada Luci Mônica.

Na coletiva, a delegada Maria Angelita destacou a ajuda da população por meio do disque denúncia – 181 -, que considerou fundamental para a elucidação do caso. “As informações que recebemos juntaram-se às nossas investigações e, dessa forma, conseguimos chegar aos acusados”, acrescentou.

A delegada relatou que Diego já tem, pelo menos, três passagens pela polícia, pela prática de roubo. Kleydson também já esteve envolvido no mesmo crime.

Segundo ela, não houve motivação aparente para a violência praticada contra a adolescente. “Ele agrediu, por agredir”. Adiantou que a própria vítima reconheceu o autor das agressões.

Angelita relatou que, após a divulgação de fotografias da dupla pela internet, mais de uma pessoa compareceu à Delegacia de Roubos para contar que foram vítimas da dupla. Uma delas, uma senhora grávida, informou também ter sido agredida durante assalto, sem qualquer motivo, pois não reagiu.

A delegada solicitou a outras possíveis vítimas que procurem a DRC para registrar denúncia, ou mantenham contato por meio do telefone 3342-3913.

Diego e Kleydson vão responder por crime de roubo majorado.

delegadas coletiva
Delegadas Maria Angelita e Luci Mônica, durante coletiva, na sede da Polícia Civil (Foto: Else Freire)

Ascom/PC