Centrais de polícia na capital estão superlotadas

CENTRAL
A situação das três principais delegacias de polícia da capital, Cada de Custódia, Complexo de Delegacias Especializadas (Code) e Central de Flagrantes do Farol, pode ser considerada crítica nesta sexta-feira (25) já que elas estão acima da capacidade de presos.

Na Casa de Custódia, no bairro do Jacintinho, até o início da tarde de hoje, eram 84 presos, porém a unidade só comporta 30 detentos.

Já no Complexo de Delegacias Especializadas, no bairro da Mangabeiras, estão detidas 32 pessoas e um dos detidos na operação integrada deflagrada hoje está fora da cela, por falta de espaço.

A Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, está acima da capacidade, mas não possui um quadro tão complicado como nas demais. Hoje estão detidas 25 pessoas, sendo que o local só comporta 24.
Cada Minuto