Maceió inicia campanha de vacinação contra H1N1 no dia 25

22MA-Vacinacao-Contra-Gripe-Pitanguinha

A campanha de vacinação contra a Influenza A (H1N1) terá inicio no dia 25 de abril. Apesar de ainda não ter recebido nenhuma dose da vacina, a Coordenação do Programa de Imunização de Município informa que o Ministério da Saúde (MS) deve manter o calendário previsto para o envio das doses, para que a população possa ser vacinada nas unidades da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Segundo a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) da SMS, Eunice Raquel Amorim, a campanha anual de vacinação estava prevista para o dia 30 de abril, mas foi antecipada devido ao aumento do número de casos da doença em todo o Brasil. As doses são repassadas ao município pelo Ministério da Saúde (MS) e pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).

“A campanha de vacinação será destinada aos grupos de risco, como crianças, idosos e gestantes, definidos como grupos prioritários”, destacou a coordenadora.

A vacina

A vacina protege contra três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Com a vacinação, é possível impedir que o vírus da gripe evolua para formas mais graves como pneumonia, por exemplo, entre outras complicações.

Estudos apontam que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Confira o que é necessário para que cada grupo possa se vacinar:

– Gestantes (que devem levar cartão de vacinação ou caderneta da gestante);

– Idosos com idade acima dos 60 anos (levar cartão de vacina);

– Puérperas (mulheres com até 45 dias pós-parto, que devem levar o cartão de vacinação e a certidão de nascimento do bebê ou caderneta de gestante);

– Trabalhadores da área de saúde (levar cartão de vacinação);

– Crianças de 6 meses a menor de 5 anos (levar cartão de vacinação);

– Doentes crônicos (levar cartão de vacinação e comprovação médica da enfermidade).

Cuidados 

O Ministério da Saúde reforça que, além da vacinação, a população deve adotar medidas de prevenção para evitar a infecção por gripe. Medidas de higiene, como lavar sempre as mãos e evitar locais com aglomeração de pessoas que facilitam a transmissão de doenças respiratórias, cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar, utilizar álcool gel nas mãos e, caso julgue necessário, utilizar máscara de proteção.

Ascom/SMS